Pênalti

Sonia Racy

07 de setembro de 2012 | 01h03

Mano Menezes deu de ombros à denúncia de Romário sobre cartel na convocação da seleção. O deputado acusa treinador e Andrés Sanchez de chamar jogadores com o intuito de inflacionar seu valor de mercado e vendê-los em seguida para o exterior.

Fonte da CBF avisa que Mano, ao saber da “novidade”, foi simples: “Na seleção só joga quem faz por merecer”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.