Pelos ares

Sonia Racy

15 de janeiro de 2011 | 23h07

O Aeroclube de São Paulo, um dos mais tradicionais da América Latina, está com aulas de simulador suspensas há seis meses. Assim, não pode formar pilotos. Motivo? Entraves com a Anac. Desde agosto, a agência exigiu nova homologação dos aparelhos do País, com prazo de três meses para as escolas enviarem documentação.

O Aeroclube informa que mandou. A Anac diz que não.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: