Pela ordem

Sonia Racy

30 de agosto de 2012 | 01h10

A Defensoria Pública de SP vai investigar se universidades particulares estão cobrando multas… salgadas de alunos inadimplentes. Pelo Código de Defesa do Consumidor, o valor não pode ser maior do que 2% da mensalidade.

A iniciativa se deu após reclamação contra a Metodista, em São Bernardo do Campo – que cobrava 10%. Para evitar batalha judicial, a instituição já assinou termo se comprometendo a cumprir a lei.

Tendências: