Pela ordem

Sonia Racy

11 de dezembro de 2012 | 01h06

Os Odebrecht têm novo desafio, segundo o advogado Modesto Carvalhosa: convencer a 4ª Turma do STJ, presidida por Luis Felipe Salomão, que a arbitragem prevista no acordo de acionistas assinado com os Gradin não vale.

O julgamento está previsto para acontecer hoje.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.