Pela África, Bono vai a Lula

Redação

24 de abril de 2009 | 06h00

Lula respondeu anteontem a carta que recebeu de Bono no fim de março – e que lhe chegou pelas mãos de Jânio Quadro Neto – na qual o cantor começa com a a similaridade entre eleições e a turnê do U2 pelo mundo, para depois entrar na discussão sobre as formas de combate à pobreza de sua Fundação One.

O presidente elogia os esforços do cantor para a erradicação da miséria no planeta e admite que, no plano geral, há muito por fazer, tanto no governo como na sociedade civil. Cita, como exemplo, o seu programa de 1 milhão de moradias.

Já Bono se diz fã de Lula e o chama de grande campeão dos pobres. Também pede novo encontro com ele e com seu staff, para saber mais sobre programas brasileiros. Dados que quer repassar a governos da África, onde a Fundação One concentra suas atividades.

Veja também:
mais imagens MAM é palco de vernissage da exposição Olhar e Fingir: fotografias da coleção Auer, com cerca de 290 imagens
mais imagens Família Jereissati e Ana Paula Junqueira capitaneiam festa de inauguração da loja Christian Louboutin, no Shopping Iguatemi
documentoOutras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: