Pedra sob pedra

Pedra sob pedra

Redação

14 de abril de 2009 | 06h00

Nesta segunda à noite, em reunião regular para aprovação de balanços da Fiesp, Paulo Skaf recebeu um desagravo público por causa de operação “Castelo de Areia”.

Que, aliás, é apenas uma das pedras colocadas no caminho de Skaf, em seu projeto de sair candidato a governador pelo PSB. A outra se chama Luiza Erundina.

Veja também:
Marieta Severo e Andrea Beltrão estrelam espetáculo As Centenárias, no Teatro Raul Cortez mais imagens
Outras notas no blog da coluna Direto da Fonte documento

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.