Pedido de cassação da candidatura do Prefeito de Guarulhos é protocolado na Justiça Eleitoral

Pedido de cassação da candidatura do Prefeito de Guarulhos é protocolado na Justiça Eleitoral

Paula Bonelli

12 de novembro de 2020 | 18h05

Rodrigo Tavares. Foto; Divulgação/PRTB

Há um pedido na Justiça Eleitoral de cassação da chapa da candidatura à reeleição do atual prefeito de Guarulhos, Gustavo Costa, o Guti, do PSD, alegando uso da máquina no processo eleitoral. A representação diz que Costa pagou a primeira parcela do 13º salário dos servidores públicos a poucos dias do primeiro turno. O prefeito anunciou em um vídeo que faria o pagamento no último dia 9, desmentindo os boatos de que a prefeitura não teria recursos para honrar com os pagamentos dos servidores.

O autor do pedido é Rodrigo Tavares, genro de Levy Fidelix, que disputa a Prefeitura de Guarulho pelo PRTB. Consultada, a campanha de Costa garante que a solicitação não tem sustentação jurídica: “O adiantamento do 13º é uma praxe administrativa legalmente autorizada, já que a infração à norma ocorreria se o pagamento não ocorresse até o dia 30”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: