Paulo Guedes e assessor de Trump falam de pensadores liberais

Paulo Guedes e assessor de Trump falam de pensadores liberais

Sonia Racy

20 de março de 2019 | 01h00

PAULO GUEDES. FOTO: FOTO: ALAN SANTOS/PR

PAULO GUEDES. FOTO: FOTO: ALAN SANTOS/PR

A conversa ontem, em Washington, entre Paulo Guedes e Larry Kudlow, principal assessor econômico de Trump, não se limitou às relações comerciais entre EUA e Brasil. Acadêmicos aplicados, veteranos estudiosos das doutrinas econômicas, os dois trocaram figurinhas sobre Friedrich von Hayek – tido como o sistematizador do pensamento liberal no século 20.

Segundo se apurou, falaram também sobre Ludwig von Mises, célebre teórico da escola austríaca do liberalismo econômico, e Ludwig Erhard, chanceler alemão de 1963 a 1966, reconhecido pela reconstrução da Alemanha no pós-guerra. E não faltaram menções a Thomas Friedman e sua globalização econômica.

Descobriram que seus gurus são os mesmos: todos rigorosamente liberais.

Kudlow, ao final, acabou pedindo ao ministro da Fazenda que voltasse à tarde à Embaixada brasileira para continuarem a trocar ideias.

Leia mais notas da coluna:
+ PSD altera normas para enfrentar proibição de coligações 
+ Fundo de US$ 30 bi seia responsável por metade do movimen contra real

Tendências: