Patrimônio

Sonia Racy

23 de março de 2014 | 01h01

Grupo de sócios do Clube Pinheiros começou a recolher assinaturas para abaixo-assinado cujo objetivo é… “salvar as alamedas de mosaico português”. As pedras, que fazem parte do projeto original, têm 114 anos e estão sendo substituídas por um piso ecológico.

Eles querem ser ouvidos pela diretoria. E, até que isso aconteça, pedem que a reforma seja interrompida. Uma das sócias já deixou, inclusive, uma queixa formal na secretaria do clube.

Patrimônio 2

Procurado, o clube afirmou que a troca “se fez necessária para a construção de novas galerias pluviais” e que a “irregularidade do piso anterior causou, só nos últimos seis meses, mais de 70 quedas de idosos”. E que a reforma atende recomendação do Ministério Público quanto a acessibilidade.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.