Passo atrás

Sonia Racy

27 de março de 2010 | 06h09

A repercussão das exigências na campanha salarial levou a Apeoesp a um recuo tático. Sumiram do site os ataques à promoção por mérito e à exigência de pagar dias parados.

Agora só fincam pé nos 34%.