Passarela

Sonia Racy

27 de julho de 2013 | 01h02

A céu aberto, a companhia de teatro Pessoal do Faroeste pilota amanhã desfile da Daspu, logo após apresentação do espetáculo Homem Não Entra.

Mel Lisboa, que na peça interpreta uma prostituta, vai desfilar durante o evento – caracterizado como bordel, com direito até a pole dance.

Onde? Na Rua do Triunfo, perto da Estação da Luz.

Passarela 2

Segundo a fundadora da Daspu, a carioca Gabriela Leite, o desfile tem como objetivo encontrar liderança paulista para empunhar a bandeira da causa em São Paulo: contra a discriminação e pela regulamentação da profissão de prostituta.

Camisetas da marca estarão à venda no café do Faroeste.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.