Partido Novo vai abrir seleção para preencher gabinetes dos eleitos

Sonia Racy

02 Dezembro 2018 | 00h55

Rompendo com a tradição de deixar deputados e vereadores eleitos recrutarem livremente seus assessores, o Novo submeterá os interessados em mais de 60 vagas a uma seleção em dezembro. A sigla elegeu 8 federais e 12 estaduais.

Os mais bem colocados nos testes começam a trabalhar entre fevereiro e março.

Leia mais notas da coluna:
Créditos recuperados pelo poder público crescem 285% no trimestre
Busca por ‘indulto’ no Google cresce 2.070%

Mais conteúdo sobre:

NOVO [Partido Novo]