Paraguai pode aumentar imposto sobre cigarros e reduzir contrabando

Sonia Racy

03 Novembro 2018 | 01h50

 

Edson Vismona, do ETCO, está otimista. O Parlamento do Paraguai debate uma lei que pode aumentar de 18% para 40% o imposto sobre cigarros naquele país. A medida vai encarecer o produto internamente e tornar menos interessante (pois mais caro) vir vendê-lo, por meio de contrabando, no Brasil — onde ele ocupa hoje 44% do mercado e causa ao País uma perda de arrecadação de quase R$ 10 bilhões por ano. A propósito, o imposto sobre cigarros no Brasil está hoje em… 71%.