Para secretário, imposto do leite vai exigir habilidade do governo

Sonia Racy

14 de fevereiro de 2019 | 01h00

GUSTAVO JUNQUEIRA. FOTO: IARA MORSELLI / ESTADÃO

O caso do “vai e volta” sobre o aumento do imposto de importação do leite demonstra que a pauta liberal “é complexa e exigirá muita habilidade dos governantes”, segundo disse ontem à coluna Gustavo Junqueira, secretário da Agricultura paulista.

Sua receita aos produtores brasileiros é conseguir maior visibilidade sobre como essa agenda será implantada. “É importante melhorar a regulação e as exigências burocráticas para que a competição com outros países seja equilibrada.”

No ver de Junqueira, o País precisa se modernizar, sem experimentalismo. Começando pela simplificação tributária e apresentando um “road map” com as datas e as alterações previstas.

Em SP, o governo está preparando as empresas para competir por meio de adequações tributárias – como a eliminação de imposto nos hortifruti e redução do ICMS para combustível de aviação.

Leia mais notas da coluna:
+ Entre Guedes e ministra, Bolsonaro tomou opção conservadora sobre leite
Nora de Lula vira alvo de cobrança na Justiça cível

 

Tendências: