Para gringo não ver

Sonia Racy

20 de abril de 2014 | 01h05

Se depender dos preços dos albergues de SP, os jovens não conseguirão se hospedar na Copa. A tarifa de alguns deles aumentou até 700% em dias de jogo no Itaquerão.

Exemplo: uma cama em quarto coletivo (8 pessoas) de certo hostel na Vila Madalena pulou de R$ 50 para R$ 350.

Outros três albergues no mesmo bairro – reduto boêmio paulistano – confirmaram ter tarifas mais caras para o período do Mundial. Vão de R$ 200 a R$ 290.

Para gringo 2

Como “compensação” pelo upgrade no preço, alguns dos hostels – todos com vagas ainda disponíveis – oferecem brindes, como um “kit copa” para o torcedor e “atividades recreativas”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.