Para espairecer

Sonia Racy

20 de março de 2016 | 15h03

Gravuras de uma coleção de 1971 de Tarsila do Amaral, duas pinturas inéditas de Alfredo Volpi e escultura de Amilcar de Castro avaliada em R$ 550 mil são alguns dos destaques do leilão que James Lisboa organiza, amanhã, em seu escritório de arte.

Outras obras de arte moderna e contemporânea de 93 artistas – como Burle Marx, Flávio de Carvalho, Tomie Ohtake, Leda Catunda e Siron Franco – também estarão disponíveis.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.