Para a história

Sonia Racy

24 de novembro de 2012 | 01h30

Em meio ao processo de Eliza Samudio, há quem lembre o primeiro caso brasileiro de acusação de homicídio sem corpo, que completa 75 anos: o dos irmãos Naves. Para marcar a data, acontece hoje, em Araguari (MG), o Projeto Família Naves – para discutir erros judiciais e lançar livro sobre a dupla.

Os irmãos foram presos e torturados até confessar o assassinato de um primo. Anos depois, a suposta vítima reapareceu, e o caso virou filme.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.