Papa Léguas

Sonia Racy

05 de dezembro de 2011 | 23h05

A venda de 45% de sua Cia das Letras para a Penguin fará Luiz Schwarcz trabalhar ainda mais. Amanhã, parte para NY, onde almoçará com editores. Segunda, estará em Londres, para 17 conversas reservadas com os responsáveis de cada área do grupo.

A “sinergia editorial” prossegue em fevereiro, quando volta à Big Apple – com direito a sala particular, na qual despachará por quase um mês. Enquanto sua mulher, Lilia, dará aulas em Princeton.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.