Palavra afinada

Palavra afinada

Sonia Racy

03 de novembro de 2013 | 01h07

Foto: Pedro Bonacina

Depois de três anos trabalhando silenciosamente em sua poesia, Julia Souza resolveu compartilhar seu talento. Lança, sexta-feira, na Livraria da Vila da Fradique, seu primeiro livro, Covil. A escritora se inspirou especialmente em dois temas para o desenvolvimento de seus poemas: a casa onde cresceu e vive até hoje e um lugar imaginário, no qual a memória e a linguagem falham. Essa é a razão do título da publicação. “Quando as palavras falham, a gente se aproxima dos animais, das feras que habitam essa toca.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: