País está ‘passando no teste’ do coronavírus, diz David Uip

País está ‘passando no teste’ do coronavírus, diz David Uip

Sonia Racy

04 de fevereiro de 2020 | 00h45

David Uip. Foto: Estadão

 

Nas contas do ex-secretário de Saúde de Alckmin, David Uip, o Brasil está enfrentando adequadamente os desafios e “passando no teste” do coronavírus.  Ele vê como “muito bem organizados” os três níveis de governo no modo de acompanhar e controlar o problema. Segundo ele, há “um ótimo entrosamento”, no qual “o governo federal cuida de política e financiamento, o Estado da governança e as prefeituras de atendimento primário, para que não haja corrida a hospitais”.

À coluna, ele compara o que ocorre agora com outra experiência direta: “Sou do tempo dos primeiros casos de Aids no Brasil. Fomos surpreendidos por uma doença mortal, não havia diagnóstico nem tratamento e demorou muito para se conhecer as vias de transmissão e os medicamentos. Durante esse tempo morreu muita gente no mundo inteiro”.

O fator verão, bom
para o Brasil

E agora, com o vírus vindo da China? “Em poucos dias ele foi identificado, o genoma já foi distribuído pelo mundo e as providências tomadas em ampla escala. Claro que a vacina não vai ser descoberta do dia pra noite, mas o que se viu até aqui foi um avanço espetacular”.

Uip, que é reitor do Centro Universitário de Saúde e integra o Conselho Superior de Gestão da Saúde do governo paulista, adverte para um “detalhe crucial”: EUA e Europa estão em pleno inverno, enfrentando o frio, o que gera aglomerações e pode dificultar a solução do problema. “E o Brasil está em pleno verão, o que talvez nos ajude.”

‘Dona Flor’ lota cinema e
é aplaudido em Miami

Quarenta e três anos após o lançamento comercial no Brasil, onde se tornou recorde de bilheteria por 35 anos, o filme de Bruno Barreto Dona Flor e Seus Dois Maridos, com Sônia Braga, José Wilker e Mauro Mendonça, está em exibição no Coral Gables Art Cinema em Miami, com cópia remasterizada em 4K. Um amigo da coluna que mora na cidade foi rever no domingo, com sala cheia e aplausos no final.

Dona Flor 2

Se estivessem em vigor os filtros para a cultura desejados pelo atual governo, será que Dona Flor teria sido feito hoje? Detalhe: o filme foi parcialmente financiado, e distribuído pela Embrafilme, estatal de cinema do governo militar em 1975.

Dinheiro não gasto na
Alesp volta para Dória

Cauê Macris ganhou pontos com Doria, que esteve na Alesp, ontem. Entregou-lhe em mãos ofício que vale R$ 146,5 milhões, total economizado pela Casa no exercício de 2019. Valor é R$ 40 milhões maior que em 2018. Governo decide como usará

Ballet Paraisópolis ‘esquenta’
apresentações no Municipal

O Ballet Paraisópolis vai mostrar, no Municipal, trechos de coreografias próprias antes das apresentações do Ballet da Cidade, que abre a temporada nesta sexta-feira com A Biblioteca de Babel.

Além disso, atores da SP Escola de Teatro se revezarão – em todas as datas – na leitura de trechos de livro do mesmo nome, de Jorge Luis Borges, que inspirou o balé. As intervenções ocorrem no saguão do prédio.

Denise Milan inspira
samba da Estácio 

A Pedra, tema do samba-enredo da Estácio de Sá que abre o carnaval do Rio, foi inspirado em livro de Denise Milan. A carnavalesca Rosa Magalhães usou obra de mesmo nome, em que a artista plástica paulista conta os mais de 40 anos de carreira.

Repeteco

Os americanos da dupla Major Lazer junto com Àttoxxá e Tropikillaz vão se apresentar novamente no carnaval de Salvador, no dia 22 de fevereiro. De acordo com Marina Morena, responsável pela organização do trio, eles repetem o esquema do ano passado: sem corda e totalmente gratuito.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: