PAC-derme, o retorno

Redação

11 de abril de 2009 | 11h00

Enquanto Lula chamava anteontem cada um de seus ministros para saber o porquê do atraso no PAC, técnicos do PSDB davam números a esta preocupação: o governo liberou, até 5 de abril, menos de 1% das verbas relativas às obras do plano para este ano.

Nos dados do Siafi, o portal de contas do governo só saíram até agora R$ 186 milhões, de um total autorizado de R$ 20,67 bilhões. E duas dessas obras, o Rodoanel e Tucuruí, levaram R$ 114 milhões – praticamente 60% do dinheiro.

Veja também:
documentoOutras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Tendências: