Outro lado

Sonia Racy

05 de dezembro de 2011 | 23h01

Albino Rubim, secretário de Cultura da Bahia, declarou-se surpreso com a notícia de que estaria sendo cotado para suceder Ana de Hollanda.

Afirma não ter sido sondado e que seu compromisso é com o governo baiano.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.