Ouro e prata

Ouro e prata

Sonia Racy

05 de junho de 2016 | 01h30

EXCLUSIVO DIRETO DA FONTE

Victoria Sayeg deixou a vida corporativa no passado para se dedicar as gemas. “Trabalhava em banco, mas sempre senti minha veia artística falar mais alto. Ano passado resolvi escutá-la e inaugurei minha marca de joias”. Com foco na mulher real, ela cria peças para serem usadas no dia a dia. “Não pretendo abrir loja, quero manter o processo como está, bem artesanal. Atendo minhas clientes com hora marcada. O serviço é personalizado e estou sentindo um bom retorno.” Por não ter loja, ela garante que consegue fazer um preço mais atrativo que o de mercado. Quinta-feira, a neo joalheira arma um almoço, no Josephine, para lançar a Coleção Particular. “Convidei 5 formadoras de opinião para criarem a quatro mãos suas joias desejo, que depois viraram minha nova coleção.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.