Ótica semelhante

Sonia Racy

11 de agosto de 2016 | 00h35

A dívida da Eletrobrás com a BR Distribuidora – algo como R$ 5 bilhões– pode atrapalhar os planos de venda da subsidiária da Petrobrás? Indagado ontem sobre a possibilidade, Pedro Parente se mostrou confiante. “A nova gestão da estatal está tomando pé e certamente vai encaminhar solução adequada para o assunto”, ponderou o presidente da petroleira.

E foi adiante: “Sou muito próximo do Wilson Ferreira (presidente da Eletrobrás) e confio na sua capacidade de resolver problemas complexos”.

Ótica 2

Pelo que se apurou na estatal elétrica, Ferreira agendou reunião interna sobre o tema para a semana que vem.
Consta que uma das razões para Wilson ter aceito presidir a Eletrobras foi justamente poder participar de um time do qual faz parte Parente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: