Otávio Mesquita diz que não fez campanha contra o isolamento social

Otávio Mesquita diz que não fez campanha contra o isolamento social

Marcela Paes

12 de maio de 2021 | 13h55

Otávio Mesquita. Foto: Denise Andrade

Citado na CPI da Covid por Fabio Wajngarten, ex-secretário de comunicação da presidência, Otávio Mesquita afirmou à coluna que nunca fez campanha contra o isolamento social, como disse Renan Calheiros, o relator da CPI.  “Como eu faria uma campanha contra isolamento social se eu mesmo assumi que errei ao não usar máscara? Foi meu maior erro e eu falei isso muito claramente no meu programa no SBT”, diz o apresentador.

Mesquita teve covid-19, mas conta que se tratou com um coquetel de remédios como cloroquina e ivermectina. “Não me lembro direito o que tinha nesse coquetel, mas acho que foi isso”.

O apresentador fez um esforço para se lembrar qual campanha fez a pedido da Secom, porque, segundo ele, foram várias campanhas promovidas pela secretaria. Ele diz que não se lembra de ter participado da campanha “O Brasil Não Pode Parar”, citada por Calheiros.

Mesquita lembra que a emissora de Silvio Santos também é  responsável por fechar acordos que envolvem a participação de apresentadores do canal. “Eu cumpro o que o SBT resolve”. Ele conta que participou gratuitamente da campanha ‘Juntos Somos Mais Fortes’, criada para  informar a população a respeito de cuidados contra o coronavírus.

Tudo o que sabemos sobre:

Otávio MesquitacpicovidFabio Wajngarten

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.