Os sem-bússola

Redação

03 de março de 2010 | 08h48

A indefinição, tanto no PSDB como no PT, em relação às eleições em São Paulo abre espaço para todo tipo de ilação – a ponto de se falar em eventuais candidaturas de Alberto Goldman e até de Emídio de Souza, prefeito de Osasco.

O certo mesmo é que, nas inserções do próximo programa do PT, estarão Lula, Dilma, Aloizio Mercadante e Marta Suplicy. Pelo PSDB, vai Geraldo Alckmin – a não ser que Serra mude de ideia.

É curioso que, bem ao contrário de outras eleições, isso ocorra num momento em que a economia esteja estável. A instabilidade, agora, é na política.

Tendências: