Os ortodoxos vão à luta

Redação

09 de dezembro de 2008 | 06h00

A grave crise abriu a brecha para que a PUC-Rio – sede da ortodoxia da política econômica brasileira – colocasse a mão na massa. Silenciosamente, ela preparou um livro-virtual que entrará, provavelmente hoje, na rede. Esforço capitaneado por Edmar Bacha.

Vem com 18 textos dos mais conhecidos e reconhecidos economistas nacionais, como Armínio Fraga, André Lara Resende, Gustavo Franco, Pérsio Arida, Affonso Celso Pastore, Chico Lopes, Afonso Bevilaqua. Fala sobre danos, reações e perspectivas da economia como um todo.

Os textos foram pedidos com no máximo três páginas – seja lá o que isso queira dizer na internet. E parte do conteúdo sai de debate fechadíssimo promovido na sexta-feira, na PUC-Rio, moderado por Bacha.

A idéia veio de coisa parecida feita em Londres.

Promete.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: