‘Os nativos digitais vão mudar a mídia e a cultura’, diz influencer

‘Os nativos digitais vão mudar a mídia e a cultura’, diz influencer

Sonia Racy

22 de outubro de 2019 | 00h35

PIERA GELARDI. FOTO: REFINERY29

…….

Cofundadora, nos EUA, do site Refinery29 – voltado para moda feminina, e que alcança hoje 250 milhões de usuários/mês – Piera Gelardi participa hoje do Iguatemi Talks. O evento, no JK Iguatemi, recebe ainda nomes como Michel Norsa (ex-Salvatore Ferragamo), Diet Prada, Alexandre Birman, Sabrina Sato e Preta Gil. Falando à coluna, a empresária e feminista Gelardi fez uma previsão: “A geração Z chegará à idade adulta em dez anos”. E acrescentou: “Esses nativos digitais estão mudando a maneira como entendemos a cultura, a mídia e a publicidade”.

O que mudou no cenário digital desde que vocês começaram com o site?
Começamos em 2005 como um guia de moda focado em estilo independente. Vimos uma oportunidade de falar de moda através da autoexpressão. Assim aprendemos a criar conteúdo digital para uma nova geração de mulheres.

Tudo no mundo digital é muito rápido. Como enxerga esse cenário daqui a dez anos?
A internet permitiu que coalizões de grupos com ideias semelhantes se unissem num propósito coletivo. Comunidades femininas, LGBTQ+ e outros grupos puderam se organizar, atuar e criar impacto nas redes. Exigem transparência e confiança. Serão fator importante na evolução da mídia.

Você é feminista assumida e apoia causas importantes das mulheres. Como aborda isso sem apelar para o clichê?
Nosso objetivo tem sido mudar a representação das mulheres pela mídia, incentivando-as a serem elas mesmas.

A Refinery29 foi adquirida pelo grupo Vice Media. O que isso significa para o mercado?
Como nós, o Vice Media tem um legado de narrativas ousadas e conteúdo inovador, Estamos empolgados em criar uma marca voltada para o futuro. Sempre estaremos comprometidos em criar um espaço inclusivo, em trazer uma mudança que nos permita atingir um nível global. /SOFIA PATSCH

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.