Os índios, a sentença e o cofre da Funai

Redação

17 de março de 2009 | 06h00

O Supremo deve decidir amanhã o destino da reserva Raposa/Serra do Sol, mas o grande problema para a Funai passa longe dos tribunais. Ela quer saber de onde vai sair o dinheiro para pagar as indenizações dos arrozeiros, cuja expulsão da reserva é dada como certa – afinal, oito dos 11 ministros já votaram a favor dos índios.

Para dar só um exemplo: o arrozeiro-chefe dessa batalha, Paulo César Quartiero, tem direito a R$ 2,6 milhões e a Justiça até já depositou R$ 1 milhão em juízo. Mas ele não vai se mexer por esse dinheiro. Nas suas contas, pelo valor da terra e dos benefícios que implantou, tem direito a… R$ 53 milhões.

Junte-se a isso o que os outros vão pedir nos tribunais.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.