Organizações abrem guerra contra fake news nas eleições

Sonia Racy

27 Dezembro 2017 | 00h55

Grupo de 28 organizações decidiu abrir guerra contra fake news no ano eleitoral. Comandado por entidades como a Raps, os institutos Ethos e Alana e a Transparência Partidária estão distribuindo carta-manifesto: #NãoValeTudo. Propõem “um grande pacto nacional pelo uso ético das tecnologias no contexto eleitoral”.

E vão lutar pela adesão do TSE, de grandes empresas de tecnologia e de movimentos da sociedade civil.

Leia mais notas da coluna:

SP precisaria triplicar as torres para melhorar telefonia, diz Abrintel

Buena Vista Social Club vem ao Brasil