Projeto sobre orgânicos preocupa pequenos produtores

Sonia Racy

05 Julho 2018 | 00h40

Preocupação entre pequenos e médios produtores agrícolas: a lei que altera a venda de produtos orgânicos, recém-aprovada na Comissão de Agricultura da Câmara, determina que eles só podem ser vendidos  por “agricultores familiares inseridos em processos próprios de organização e previamente cadastrados”.

Um dos argumentos contra a lei, ao que se apurou, é que ela atrapalharia a compra desses alimentos por órgãos públicos, por exemplo, para fornecer merenda escolar. Outra razão: essa venda direta de produtor a consumidor pode ser comum em pequenas cidades, mas inviável em grandes centros urbanos.

O texto precisa ainda passar pela CCJ da Casa e ser debatido e aprovado em plenário, antes de ir à sanção pelo presidente Temer.