Órfão urbano

Sonia Racy

01 de agosto de 2010 | 13h56

A avenida principal de São Joaquim da Barra, interior paulista, está sem nome. Baseado em lei municipal, que proíbe batizar espaços públicos com nomes de pessoas vivas, o juiz mandou tirar a placa que homenageava Orestes Quércia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: