Ora, bolas

Sonia Racy

28 de março de 2010 | 06h03

Alexandre Santos, presidente da Parada Gay de SP, que acontece dias antes da Copa, sugeriu abordar o tema do futebol no desfile. Desistiu.

Não, não é por ser esporte de “machão”. Vai guardar a ideia para 2014, quando o evento é aqui. Este ano, vai de eleição.