Open arms

Sonia Racy

27 de junho de 2014 | 01h04

Um dos beneficiários do programa Braços Abertos escolhido para acompanhar o príncipe Harry chamou atenção, ontem. Motivo? Fala inglês e francês.

O representante da realeza britânica, aliás, deixou boas impressões por aqui. Considerado simpático por todos, ele conversou com os dependentes químicos e mostrou muito interesse na iniciativa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.