Onde há fumaça

Sonia Racy

31 de outubro de 2014 | 01h05

Players do mercado de ações desconfiam que a CVM achou alguma prova de fraude contra Zeinal Bava, ex-presidente da Oi.

A comissão promove investigações para apurar se alguém de dentro da empresa sabia da compra de quase 900 milhões de euros em papéis da Rioforte (holding do Grupo Espirito Santo) pela Portugal Telecom.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.