On the table

Sonia Racy

18 de maio de 2014 | 01h06

Às vésperas da Copa, a Associação Nacional de Restaurantes fez as contas. Mais de mil funcionários de 270 restaurantes no eixo Rio-São Paulo tiveram aulas de inglês. “Eles falam o básico para atender bem o turista”, diz Cristiano Melles, que preside a ANR.

A entidade também pediu para os estabelecimentos traduzirem seus cardápios.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: