Segunda chance para o vereador que se distraiu

Sonia Racy

10 de junho de 2016 | 00h54

O vereador Alfredinho dormiu no ponto durante a sessão e não impediu, na véspera do feriado, a abertura da CPI do Teatro Municipal.

Agora, o petista terá de manter os olhos bem abertos. É que assumiu a relatoria da comissão que vai apurar as irregularidades nos contratos e convênios firmados pela fundação do teatro na gestão de José Luiz Herencia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.