Olha a onda

Sonia Racy

13 de agosto de 2014 | 01h06

Os empresários estão se sentindo cada vez mais à vontade para falar o que realmente pensam sobre a situação do Brasil. Antes de Benjamin Steinbruch, da CSN, ter afirmado, ontem, no Congresso do Aço, que “o custo Brasil não permite competir, só louco investe no País”, Paolo Dal Pino, da Pirelli América Latina, postara em seu Twitter foto de placa na Prainha, no Rio – alertando surfistas para o perigo de ondas gigantes.

Estava acompanhada dos seguintes dizeres: “Resume bem a situação da nossa economia e os desafios que teremos pela frente”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.