Obusiness

admin

25 de janeiro de 2009 | 06h00

Não foi só nos EUA que a obamania virou negócio.

No Japão, a moda do momento são máscaras com a cara do presidente americano, vendidas a 2.200 ienes (US$ 24) a unidade. Na Rússia, o objeto de desejo são bonecos de madeira. Já no Quênia, todo mundo quer a edição limitada de uma marca de cerveja que leva o nome de Barack Obama.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.