OAB-SP exclui, pela primeira vez, advogado de seus quadros por injúria racial

OAB-SP exclui, pela primeira vez, advogado de seus quadros por injúria racial

Sonia Racy

03 de dezembro de 2021 | 02h30

A sede da seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil, no Centro de São Paulo. Foto: Reprodução/Facebook/OAB-SP

A sede da seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil, no Centro de São Paulo. Foto: Reprodução/Facebook/OAB-SP

E pela primeira vez, a OAB- SP excluiu de seus quadros um advogado por prática de injúria racial, no último dia 29. Para a diretoria, a medida demonstra total desaprovação a atos de racismo e abre precedente para novas expulsões. O conselho, por maioria, acompanhou o voto divergente do presidente da comissão permanente, Robson de Oliveira, que sugeriu a expulsão. Cabe recurso na OAB Nacional. 

 Do bem

A Unesp está lançando ações para apoiar a vida estudantil universitária e estimular uma mobilização para o futuro retorno às atividades presenciais. Além de R$ 15 milhões de investimento próprio para reformas e melhorias nas moradias estudantis, abrem o programa Coopere com o Estudante – plataforma de captação de recursos que permitirá a doadores contribuírem financeiramente com estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica. 

Do bem 2

Acaba de ser inaugurado o Parque Daki, com quadras de beach tênis, yoga e outras atividades, ao lado do Parque Ibirapuera. Projetado pela Multicase, o local é aberto ao público e a entrada é 1 kg de alimento – que será repassado para o movimento União BR e Liga Solidária.

Morandi Plus

Depois de ter sido apresentada em SP, a exposição Ideias – O Legado de Morandi chega ao CCBB do Rio no dia 15. Na inauguração, haverá distribuição gratuita de 400 catálogos, horário estendido de visitação e palestra com o professor e pesquisador Victor Murari, especialista em Morandi. Tudo de graça.

Para dançar

Um novo espaço cultural chega a São Paulo, no Beco do Nego – antigo Beco do Aprendiz –, em Pinheiros. O Lote abre suas portas oficialmente para o público a partir de amanhã (4) com shows gratuitos de Luedji Luna e de Hermeto Pascoal. 

 Cine indígena

A Mostra Xingu 60 anos abriu ontem com filmes raros e atuais – que vão de 1932 a 2021, por meio da plataforma #culturaemcasa. Eles são assinados por vários nomes de peso, entre eles uma nova geração de cineastas indígenas representada por Takumã Kuikuro e Kamikia Kisêdjê.  

 Nova atração

A Pinacoteca inaugura sua nova loja na área externa do pavilhão, com mimos para o visitante adquirir após o passeio.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.