O porquê do sobe-desce das ações da Gol

Sonia Racy

03 de fevereiro de 2016 | 01h35

O sobe-desce do preço da ação da Gol – caiu 15% ontem e subiu 50% na segunda-feira – foi atribuído ao balanço divulgado pela empresa, somado a notícias sobre possível liberação de capital estrangeiros no controle das aéreas.

Possibilidade essa considerada pequena. Fontes do governo descartam a ideia de o Executivo se envolver, neste momento, com uma decisão sobre o assunto.

O céu 2

O que ninguém explica, entretanto, é o fato de as ações terem subido 30% já na sexta passada – e os ADRs, lá fora, nada menos que 109%.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.