O piloto sumiu

Sonia Racy

20 de junho de 2010 | 06h05

No primeiro jogo do Brasil houve uma coincidência no aeroporto de Guarulhos. Quem tentou fazer declaração de bens encontrou um aviso na parede: fechado de 15h20 às 17h30.

Como a Receita Federal não liberou os servidores deste setor para assistir ao jogo da seleção, um passageiro que precisava do serviço registrou boletim de ocorrência.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.