Mensagem correta ‘é de quem conhece o lugar’

Mensagem correta ‘é de quem conhece o lugar’

Sonia Racy

22 de setembro de 2019 | 00h40

MONIQUE EVELLE FOTO: DIVA NASSAR

Para Monique Evelle, 25, o equívoco quando se fala em ações publicitárias voltadas para a periferia já começa na terminologia usada para definir a área. A fundadora da agência Responsa, criada há um mês e meio em parceria com a Bullet, prefere a expressão “novos centros urbanos”. E adverte:  “As marcas erram muito quando pretendem atingir esse público. A ideia é fazer uma ponte entre os dois”. Uma das estratégias para criar campanhas de sucesso é ter profissionais que venham desses bairros, conheçam o lugar  e “tenham propriedade” para criar usando a própria realidade.

“Nossos 5 funcionários conhecem o comportamento, a linguagem e sabem o que se passa por lá”, diz Monique sobre o quadro que foi escolhido dentre 800 currículos. Até a escolha da sede, no Largo do Arouche, passou pelo crivo dos empregados. “Escolhemos um lugar que fosse fácil para eles chegarem vindos da zona sul, da zona leste”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: