‘O Pagador de Promessas’ volta a ser exibido 60 anos após conquistar a Palma de Ouro em Cannes

‘O Pagador de Promessas’ volta a ser exibido 60 anos após conquistar a Palma de Ouro em Cannes

Paula Bonelli

22 de maio de 2022 | 05h00

Gloria Menezes e Leonardo Vilar em

Cena do filme “O Pagador de Promessas”. Foto: Arquivo Cinedistri

Nesta segunda-feira, dia 23, quando se comemoram os 60 anos em que O Pagador de Promessas conquistou a Palma de Ouro, prêmio máximo do Festival de Cinema de Cannes, o filme será exibido no Canal Brasil, às 19h.  Dirigido por Anselmo Duarte e produzido por Oswaldo Massaini, o longa recebeu o prêmio em 1962. “Era como ganhar a Copa do Mundo, o único filme brasileiro até hoje a vencer o maior título da cinematografia mundial”, conta Aníbal Massaini, também produtor e filho de Oswaldo.

Antes, o canal mostra imagens históricas da equipe do filme voltando da França e sendo recebida no Porto de Santos com banda e pelo prefeito Prestes Maia, em São Paulo. O elenco desfilou nas ruas no caminhão do Corpo de Bombeiros. O material faz parte da série Oswaldo Massaini – uma paixão pelo cinema.

Na trama, o animal de estimação do personagem Zé do Burro, interpretado por Leonardo Vilar, é atingido por um raio. Ele acaba indo a um terreiro de candomblé, onde faz uma promessa a Santa Bárbara para salvar o animal. Com o bicho recuperado, Zé ruma para Salvador a pé, carregando nas costas uma imensa cruz de madeira para cumprir a promessa e enfrenta a intransigência de um padre. A mulher de Zé do Burro é Rosa, encenada por Gloria Menezes. Norma Benguel e Dionísio Azevedo também fazem parte do elenco.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.