Consumidor exige desinfecção de estabelecimentos, segundo mostra pesquisa do Locomotiva

Sonia Racy

04 de dezembro de 2020 | 00h50

O que o consumidor considera mais importante hoje na hora de escolher o lugar onde vai fazer as compras de fim de ano? Variedade de produtos? Boas ofertas? Nada disso. O foco é a qualidade da desinfecção da loja ou shopping – ou seja, se o lugar está livre do novo coronavírus.  

Pelo menos essa foi a resposta de 44% dos entrevistados ouvidos na pesquisa nacional realizada em novembro pelo Instituto Locomotiva, encomendada pela Onet. 

Assepsia 2 

A exigência de limpeza total ficou em primeiro de uma lista de 15 opções. “A pandemia atingiu em cheio o comércio, alterou prioridades e percepções. O bom negócio para o consumidor é, principalmente, sentir-se seguro”, diz Renato Meirelles, presidente do Locomotiva.  

Mais um dado para indicar o efeito da covid-19: este levantamento mostra ainda que nove entre dez brasileiros estão mais atentos à desinfecção dos estabelecimentos em que estão comprando. 

Passado incerto 

Ao considerar fraco, o resultado do PIB do terceiro trimestre – alta de 7,7% – o economista Alexandre Schwartzman lembrou. 

Habitualmente, os números neste período no Brasil sofrem revisão. Muitos, para cima, como aconteceu em 2018. 

Malhete

Os candidatos à cadeira de Rodrigo Maia na Câmara dizem não acreditar que o STF permita a reeleição para as casas do Congresso. Ela abriria espaço para extensão ao STF, STJ e todos os tribunais do país. A votação está prevista para começar hoje. 

Defensores da ideia acham que isso justamente é… motivo para o Supremo autorizar a recondução. Tem ministro querendo voltar a presidir o STF e o CNJ. 

Mais um  

Mais uma plataforma de streaming. Chega ao Brasil a Supo Mungan Plus, focada em cinema independente e autoral.  

Entre os títulos estão Quando Éramos Bruxas, estrelado pela cantora Björk, O Funeral das Rosas, do diretor Toshio Matsumoto e inspiração de Kubrick para Laranja Mecânica. Estreiam no dia 16. 

Antes tarde… 

Louise Penny será publicada no Brasil pela primeira vez.  

Com títulos que figuram na lista de mais vendidos do New York Times, a autora canadense sairá pela Arqueiro. A editora publicará quatro livros dela. 

Verão 

Vanessa Montoro – que acaba de voltar para seu antigo ateliê paulistano, uma casinha nos Jardins – abre suas portas em Paraty. Mais precisamente, no mezanino da Pousada do Sandi…

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: