O bom filho…

Sonia Racy

21 de agosto de 2015 | 01h03

Luiz Armando Bagolin vai ao Rio, hoje, reaver álbum de gravuras de Henri Matisse– avaliado em R$ 1 milhão– furtado da Biblioteca Mário de Andrade há nove anos.

À época do crime, a instituição não se deu conta do furto porque os autores colocaram falsificação no lugar.

… à casa torna

A Secretaria Municipal da Cultura começou a negociar o retorno da obra – que ficou no Museu de Belas Artes do Rio após sua apreensão pela PF – no ano passado. Sindicância será reaberta para apurar as responsabilidades.

Tendências: