Números da China

Redação

23 de maio de 2009 | 06h00

Não foi exatamente animadora a impressão de um empresário que foi à China acompanhando a comitiva de Lula. Bem ao contrário.

Os chineses, principais parceiros comerciais do País, segundo ele, viram o Brasil com olhar de estatístico: um País que é apenas 1% de seu movimento comercial.

Veja também:
mais imagensFernanda Montenegro estreia peça ‘Viver sem tempos mortos’, no Sesc Consolação
mais imagensSaint Clair Cemin inaugura exposição no Instituto Tomie Ohtake
documentoOutras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.