Novos tempos

Sonia Racy

26 Abril 2011 | 23h09

A cúpula da Assembleia de Deus, a maior igreja pentecostal do País, decidiu: aceitará que seus pastores se divorciem.

Mas apenas em caso de traição ou por desejo da mulher.