Novo round

Sonia Racy

31 de maio de 2013 | 01h08

A AGU está finalizando contratação de consultoria jurídica nos Estados Unidos para atuar no caso do acidente entre o jato Legacy e o Boeing da Gol, em 2006.

Familiares de vítimas pressionam o governo brasileiro para que os pilotos do Legacy, Joseph Lepore e Jean Paul Paladino, percam seus brevês. A decisão cabe à agência reguladora americana – FAA, na sigla em inglês.

Round 2

Condenados no Brasil, Lepore e Paladino tiveram a pena reduzida para 3 anos e 1 mês, em regime semiaberto. E continuam trabalhando.

Como ainda cabe recurso, o temor é pela prescrição.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.