Novo presidente do TSE, Barroso reunirá TREs do País em videoconferência

Sonia Racy

28 de maio de 2020 | 00h50

Luís Roberto Barroso estuda, como possibilidade para a ainda incerta eleição municipal no País, a ideia de ampliar o atual horário de votação para 12 horas – isto é, das 8h às 20h. Hoje, é das 8h às 17h. Busca saídas para evitar aglomeração.

Mas já estaria praticamente descartada uma eleição em dois dias devido ao custo extra, de R$ 180 milhões.

O novo presidente do TSE fará videoconferência com os presidentes dos 27 TREs do País, segunda-feira, para tratar do formato – ao que se prevê, inédito. Ante a indefinição, os tribunais estão sendo bastante requisitados.

Barroso explicará, contudo, que todo caminho vai dar no… Congresso. Se a decisão for adiar as eleições, é de lá que sairá a PEC para mudar o calendário eleitoral.

Mais embaixo?

O MPF paulista acolheu pedidos dos filhos de Ricardo Boechat – por meio do advogado Antônio Pitombo – para que as autoridades policiais aprofundem investigações e diligências a fim de apurar as causas do acidente que vitimou o jornalista em fevereiro de 2019.

Hard skills

Na relação com investidores, Sérgio Rial foi eleito o melhor CEO no ranking na América Latina, da Institutional Investor – publicação de finanças internacionais do grupo Euromoney.

Votaram mais de 600 profissionais do mercado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.